Sábado, 23 de Abril de 2011

"Folar da Páscoa"

 

A Páscoa sem folar, para mim não é Páscoa.

O almoço de domingo de Páscoa em minha casa, consta essencialmente no borrego assado nas brasas, bem como o folar que se vê na imagem. Poderá dar-se outras formas como por exemplo: redondo, quadrado, ovalizado ect... em tabuleiro de alumínio, ferro, barro, consoante a imaginação de cada um. O que é necessário é não faltar com os ingredientes especialmente caseiros.

Este é à moda de Trás-os-Montes, como aprendi com a minha mãe.

As guloseimas, são as tradicionais da mesma região, preparadas e confecionadas em casa.

Na segunda feira de Páscoa, comem-se as iguarias sobrantes que são generosamente em abundância, tanto na qualidade como na quantidade. É Páscoa; é uma quadra propícia a abusos gastronómicos. São degustadas com o mesmo prazer e preferencialmente ao ar livre com a família. Eu porém tenho a sorte de ter um jardim de cozinha, pois não preciso de sair de casa. Caso não tenha jardim, é muito fácil, procure um parque de merendas e delicie-se. Sabe tão bem estar em companhia da família e amigos. Se chover, o remédio é ficar em casa e almoçar como o habitual.

Quero apenas salientar que este folar deverá ser acompanhado com um bom vinho tinto maduro servido à temperatura ambiente.

 

       

     "Folar"

 

 

Ingredientes:

 

- 1 kg de farinha trigo

- 12 ovos

- 100 grs de fermento de padeiro

- 1/4 de azeite de muito boa qualidade

- 250 grs de vaqueiro

- sal q.b. (atenção que as carnes já têm sal)

- 1 chouriça caseira

- 1 salpicão caseiro

- 2 ou 3 fêveras de porco

- 1 bocado de presunto de boa qualidade

 

 

Modo de preparar:

 

Num alguidar de esmalte batem-se os ovos muito bem. Em seguida junta-se a farinha envolvendo tudo com a colher de pau. Bater até ficar muito bem misturado.

Derrete-se a manteiga num copo de alumínio, em seguida desfaz-se o fermento com um pouco de leite muito quente e junta-se à massa. Junta-se também o azeite morno e deita-se o sal batendo de novo até envolver tudo muito bem, obtendo uma massa homogénea.

Deixa-se levedar a massa no alguidar embrulhando-o com um pano próprio de lã, durante duas ou três horas em temperatura de pelo menos 20º. Se não tiver um pano de lã próprio para esse efeito, tape o alguidar com uma toalha e cubra-o com um cobertor.

O tabuleiro é untado com um pouco de vaqueiro e polvilhado com farinha que se sacode em seguida.

Após a massa ter levedado, coloca-se metade no tabuleiro e distribuem-se as carnes cortadas. Por cima destas (enchidos às rodelas, presunto e fêveras às tiras), cobrem-se tapando-as muito bem com o resto da massa. Alisasse e coloca-se um ovo cru no meio, por cima. Bate-se a gema de um ovo e pincela-se toda a superfície.

Vai ao forno à temperatura de 175º e coze durante meia hora aproximadamente.

 

   ArtCar

publicado por Artur Cardoso às 23:14
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Nesta Noite de Luar!

. Um corre-corre!

. Como os poetas que cantam...

. Misterioso Tocante!

. Recordando... Inocentes s...

. Do meu jardim!

. Gosto do teu sorriso!

. Algo me dizia!

. Cada vez que olho a lua!

. A Poesia e a Alma do Poet...

.arquivos

. Agosto 2019

. Março 2019

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Agosto 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub