Terça-feira, 14 de Julho de 2015

A maratona da vida!

 

 

 

É um desafio proeminente e constante

as voltas constantes desta longa maratona

viver um dia de cada vez e consoante

as voltas que a maratona nos proporciona.

 

Se se não acompanhar esta correria a sonhar

pode um dia talvez já ser tardiamente

e se nela deixar de se correr ira-se acabar

o resto da vida sozinho penosamente.

 

Até poderá ficar prostrado no caminho

mas que não seja por falta de caminhar

porém, aí direi que é ironia do destino

que o não deixa por certo na maratona andar.

 

       ArtCar (Artur Cardoso)

 

(Poema de minha autoria).

publicado por Artur Cardoso às 16:42
link do post | comentar | favorito

Opus Dei-Obra do Criador!

 

 

 

É a obra mais perfeita do Criador

no mundo de toda a sabedoria

com todo o seu resplendor

a mulher é a perfeição de harmonia.

 

Como pode ser tão perfeita a sua natureza

em todo o reino do universo

com toda a sua beleza

é na realidade incontroverso.

 

Apraz-me comparar a mulher ao sol

quando brilha e aquece de amor

à noite ilumina como um farol

essa perfeita obra do Senhor.

 

Opus Dei–Obra do Criador!

Fez a mulher perfeita e preciosa

irresistível a qualquer pecador

quando condescendente e desejosa.

 

     ArtCar (Artur Cardoso)

 

Poema de minha autoria).

publicado por Artur Cardoso às 16:36
link do post | comentar | favorito

Porque demoras!

Esta noite a lua presenteou-me com a sua presença

ou se calhar fui eu que a presente-ei a ela

a noite está serena e ela com tanta indiferença

vai-se afastando e eu digo-lhe adeus da minha janela.

 

Não sei se é saudade ou desprendimento

ou quiçá! Uma mágoa furibunda

não sei resistir ao seu deslumbramento

e quando chega, sinto uma satisfação profunda.

 

Será ingratidão que ela mostra por mim!

Já se não lembra de eu ansioso a esperar!

Quantas vezes pergunto baixinho assim!

Porque demoras? Porque demoras a chegar.

 

Se calhar até sou eu o culpado

tenho faltado mas por uma boa razão

juro por tudo o que é mais sagrado

que por ela tem chorado o meu coração.

 

Ó lua! Não te indignes comigo, lua amiga (….)

Não me desprezes com tanta indiferença,

acredita que não sei o que te diga,

apenas sei que sinto a falta da tua presença.

 

       ArtCar (Artur Cardoso)

 

(Poema de minha autoria).

publicado por Artur Cardoso às 16:29
link do post | comentar | favorito

Mulher sem preconceitos!

 

 

 

Voam felizes pelo ar aos gorjeios

aves aos pares sobre as colinas

hirtos e maduros são os seus seios

pela manhã ao levantar das neblinas.

 

Sabe voar alto em franca liberdade

toda a mulher sem preconceito

sabe entregar toda a sua sensualidade

e o coração que lhe bate no peito.

 

Quando ama verdadeiramente não nega

de alma e coração com altivez e alarde

não sabe fingir, não renuncia e entrega

sem preconceito a sua sensualidade.

 

     ArtCar (Artur Cardoso)

 

(Poema de minha autoria).

publicado por Artur Cardoso às 16:25
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Nesta Noite de Luar!

. Um corre-corre!

. Como os poetas que cantam...

. Misterioso Tocante!

. Recordando... Inocentes s...

. Do meu jardim!

. Gosto do teu sorriso!

. Algo me dizia!

. Cada vez que olho a lua!

. A Poesia e a Alma do Poet...

.arquivos

. Agosto 2019

. Março 2019

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Agosto 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub