Sábado, 21 de Maio de 2011

"Pobres mendigos"

                                      (foto tirada da net)

 

Para mal da humanidade, cada vez há mais pobres no mundo inteiro. Quando arrrastados pela má sorte, ainda é pior para gerar mendicidade. Quero dizer; aqueles que por ironia do destino, a miséria lhes bate à porta, sem sequer lhes pedir licença para os desprover do pouco que ainda lhes resta.

Neste meu poema, quero apenas chamar à atenção dos que são mais bafejados pela sua sorte, para que cada um reflita um pouquinho e consiga dar um pouco do que lhe sobra ou venha sobrar, olhando para aqueles que tanto necessitam.

 

 

         

 "Pobres mendigos"

 

 

Por todos os lados

metem compaixão

pobres coitados

em busca de pão.

 

Dá-lhes algo quente

uma moeda na mão

generosamente

com bom coração.

 

À noite dormem

no vão da escada

quando não comem

vivem do nada.

 

Enrolados na manta

sobre um cartão

são dignos de pena

entristece o coração.

 

Não têm mimo

não têm ninguém

vivem sem destino

sem amor também.

 

Vagueiam pela rua

sem rumo nem norte

é verdade nua e crua

entregues à sua sorte.

 

Desorientados

no mundo perdidos

são castigados

pobres mendigos.

 

   ArtCar

 

(Poema de minha autoria dedicado a todos os mendigos do mundo, apelando para que um dia a sua sorte lhes venha a sorrir).  

 

publicado por Artur Cardoso às 03:59
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Nesta Noite de Luar!

. Um corre-corre!

. Como os poetas que cantam...

. Misterioso Tocante!

. Recordando... Inocentes s...

. Do meu jardim!

. Gosto do teu sorriso!

. Algo me dizia!

. Cada vez que olho a lua!

. A Poesia e a Alma do Poet...

.arquivos

. Agosto 2019

. Março 2019

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Agosto 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub