Domingo, 9 de Dezembro de 2012

"Natais de minha lembrança"

Antigamente não havia árvores de natal com estrelinhas luminosas, nem bolinhas ou sininhos multicolor. Era tudo muito simples e natural.

Lembro-me que por esta altura do natal, ia a um pinhal qualquer cortar um pinheirinho nascido espontaneamente e naturalmente, entre os grandes pinheiros. Fazia um presépio muito tosco com musgo e figurinhas adquiridas numa qualquer feira. Sobre o pinheirinho colocava de onde em onde pedacinhos de algodão hidrófilo a imitar a neve. Enfim; outros tempos.

Agora como estamos na era das tecnologias muito avançadas, vamos ao supermercado e compramos tudo feito. É uma alegria ver a casa toda enfeitada de coisinhas tão mimosinhas e bonitinhas que nos enche o olhar. Mas, falta qualquer coisa de muito especial e importante; importante....

No meu tempo de criança, guardo nas minhas lembranças a magia do NATAL.

Tudo era muito simples. 

Entre as famílias existia um profundo sentimento chamado Amor. Amor entre a família, amor entre os vizinhos, amor entre os amigos e o respeito com amor entre as pessoas que todos os dias se cruzavam nas ruas.

O NATAL, tinha a verdadeira essência do NATAL. "Amor", pois era e ainda é a verdadeira festa da Família....

 

 

 "Natais de minha lembrança"

 

 

Lembro-me do frio natural

da neve branca e fria da serra

das geadas de congelar,

tudo isto era natal

em Dezembro na minha terra

festa religiosa de Jesus imortal.

 

Natal de outros tempos

quando eu era ainda criança

à roda do lume como costumeira,

casta inocência daqueles momentos

na companhia de meus pais com esperança

punha o sapatinho junto à lareira.

 

Lembro-me de me levantar com ansiedade

correr para o sapatinho ao outro dia

hábitos infantis e usuais,

vivia o natal com simplicidade

alegremente e em harmonia

na minha meninice que não volta mais.

 

Há meia noite tocavam os sinos

e eu também ia à missa do galo

pelas ruas geladas e frias,

frio que fazia tremer os meninos

mas não fazia comoção nem abalo

com tantas emoções e alegrias.

 

Natais simples!.. era feliz e prazenteiro

na cozinha com o lume a crepitar

brincava inocente como qualquer criança,

minha mãe dava-me doces do tabuleiro

o licor d'avó fazia-me espirrar

meus natais!... de minha lembrança.

 

     ArtCar

 

(Poema de minha autoria que dedico com todo o meu amor e carinho a todos os meninos/as e a todos os que já foram meninos/as em tempos de outrora).

publicado por Artur Cardoso às 17:44
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Nesta Noite de Luar!

. Um corre-corre!

. Como os poetas que cantam...

. Misterioso Tocante!

. Recordando... Inocentes s...

. Do meu jardim!

. Gosto do teu sorriso!

. Algo me dizia!

. Cada vez que olho a lua!

. A Poesia e a Alma do Poet...

.arquivos

. Agosto 2019

. Março 2019

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Agosto 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub