Sábado, 4 de Dezembro de 2010

Feijoada de chocos

Hoje, achei que uma receita de choquinhos era oportuna para esta altura do ano. Ao avizinhar-se o Natal, puxa a comidas mais apaladadas. É uma quadra festiva em que se abusa um pouco mais de certas variedades de alimentos, não só pelo frio que se faz sentir, mas também pelo aconchego convidativo do lar.

Uma feijoada de chocos bem apuradinha, tal como eu gosto, é também um dos meus pratos favoritos, não só pelo prazer de o confeccionar mas também pelo belo prazer de o degustar.

Esta receita já é muito antiga; tem apenas uns toques muito à minha maneira e ao meu paladar.

 

 

 

 

 

                    Ingredientes:

 

 

- 1 kg de choquinhos miúdos

- 0,5 kg de feijão branco cozido

- 5 rodelas de chouriça de carne (boa qualidade)

- 1 cebola pequena

- 2 dentes de alho

- 1 tomate maduro sem pele

- bom azeite q.b.

- 1 raminho de salsa

- 1 folha de loureiro

- 1 copo de vinho branco

- 1 malagueta ou piripíri

- 1 colher de chá de colorau

- 1 pitada de pimenta branca

- sal q.b.

- água da cozedura do feijão (caso seja preciso)

 

 

 

                    Modo de preparar:

 

 Coze-se o feijão numa panela com água, um dente de alho descascado esmagado e um fio de azeite.

Reserva-se a água da cozedura do feijão.

Cobre-se o fundo dum tacho com azeite, migam-se a cebola, os alhos, o tomate sem pele. Em seguida juntam-se os chocos e as rodelas de chouriça.Por cima, miga-se um raminho de salsa, junta-se a folha de loureiro, uma colher de chá de colorau, uma pitada de pimenta branca e uma malagueta.

Vai a lume brando até levantar fervura e em seguida envolve-se tudo muito bem com a colher de pau.

Quando os chocos estiverem meio cozidos, junta-se um copo de vinho branco maduro. Deixa-se de novo levantar fervura, sempre em lume brando até cozerem os chocos.

Quando estes (chocos) estiverem cozidos, junta-se o feijão branco cozido e tempera-se de sal envolvendo tudo muito bem com a colher de pau.

Se for preciso deite um pouco da água da fervura do feijão.

Deixa-se apurar e desliga-se o fogão. Repousa durante cinco a dez minutos e serve-se com arroz branco solto.

 

Para acompanhar, recomendo um vinho branco maduro preferencialmente leve e com uma temperatura de 12º a 17º graus.

 

   ArtCar

 

                         

publicado por Artur Cardoso às 14:53
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De João Paulo a 5 de Dezembro de 2010 às 02:59
HUMMM...
Acabou de me abrir o apetite apesar da hora tardia ;)
Mais uma das coisas que nos une, ou seja o gosto pela culinária e pela degustação de um bom prato acompanhado por um bom vinho ;)
Já agora para sugestão para próximos pratos que se sintam bem acompanhados por um bom branco, sugiro-lhe um "JP" branco da Quinta da Bacalhôa que para ser um vinho de tão afamada casa tem um preço no mercado de fazer inveja a muito vinho martelado que por ai anda, sugiro também um vinho que acredito que o deve conhecer muito bem, pois é da Terra Natal do meu Querido Amigo, ou seja de Freixo de Espada à Cinta, que é o "Montes Ermos", uma delicia de vinho e também nada caro...
Para completar a informação o "JP" anda na casa de 1,75€ e o "Montes Ermos" 3,20€...
Bom proveito.
Um Abraço
João Paulo
De Artur Cardoso a 5 de Dezembro de 2010 às 16:19
Olá João Paulo!..
Garantidamente esta feijoada estava uma verdadeira delícia. Lanço-lhe o desafio para a confeccionar-mos em conjunto num destes dias em minha casa, mas já agora para depois do Natal. Terei muito prazer, se me der essa honra e, se me permite é extensivo a toda a sua família (esposa e filhos).
Quanto ao JP ou Montes Ermos cá aguarda a sua presença.
Um grande abraço,

ArtCar
De antonio melo a 1 de Janeiro de 2011 às 21:59
esta vai ser a proxima receita a confecionar mas ja sinto o cheirinho
De Artur Cardoso a 1 de Janeiro de 2011 às 23:03
Olá meu amigo sr. Melo!..
Antes de mais, desejo-lhe um bom ano de 2011.
Quanto à sua próxima confecção, "feijoada de chocos); espero que lhe saia tão bem como a mim me saiu. Estava um autêntico manjar dos deuses.
Não se esqueça de acompanhar este prato, com um bom vinho branco maduro (leve preferencialmente).
Um abraço.
ArtCar

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Nesta Noite de Luar!

. Um corre-corre!

. Como os poetas que cantam...

. Misterioso Tocante!

. Recordando... Inocentes s...

. Do meu jardim!

. Gosto do teu sorriso!

. Algo me dizia!

. Cada vez que olho a lua!

. A Poesia e a Alma do Poet...

.arquivos

. Agosto 2019

. Março 2019

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Agosto 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub